Prefeitura investe na recuperação de estradas rurais de Itaquiraí

24.03.2015

            A Prefeitura de Itaquiraí está investindo na recuperação das estradas rurais do município. Somente neste mês de março, equipes da Secretaria de Obras, comandadas pelo secretário José Carlos Loro (Carlão), já executaram mais de 100 quilômetros de melhorias, começando pelo travessão mestre, desde o Assentamento Aliança, passando pelo Assentamento Tamakavi, Boa Sorte, Guaçu e Santa Rosa.

[caption id=attachment_5222 align=alignnone width=1024] Maquinas na recuperação de estradas vicinal no assentamento Santa Rosa (Foto: Edson Freitas)[/caption]

Somente no Grupo 9 foram 15 quilômetros de estradas recuperadas. A manutenção também foi executada em estradas vicinais do Assentamento Santo Antônio. Nesta semana, três máquinas niveladoras, caminhões e homens foram deslocados para fazer a reforma das estradas no Grupo 5 e 6, também no interior do Santa Rosa.

Os serviços estão beneficiando diretamente mais de 200 produtores da agricultura familiar, informa o secretário Carlos Loro. Segundo o Diretor de Obras Rurais, Odimar de Souza, está sendo executado serviço completo desde o patrolamento, aterros com o levantamento de trechos críticos onde ocorre o acúmulo de água das chuvas, feitos ‘ladrões’ para a drenagem das enxurradas, garantindo o escoamento do lamaçal pelas laterais das estradas.

“Foram registradas chuvas torrenciais em Itaquiraí, principalmente, nos últimos meses, resultando na deterioração das rodovias vicinais, com abertura de valas, crateras e até início de erosão. Enfim, as vias ficaram em condições de intrafegabilidade, por isso, determinamos que fosse feita a manutenção de todas nossas estradas rurais e os serviços estão sendo executados de acordo com a disponibilidade dos maquinários que temos. Fizemos vistorias em 100 quilômetros e constatamos o bom nivelamento do leito carroçável com estradas em perfeitas condições”, comentou o prefeito Ricardo Fávaro.

O secretário Carlos Loro observa que o solo de itaquiraí, por ser arenoso, é muito mais susceptível à rápida formação de valetas na ocorrência de qualquer chuva. “Temos que manter os serviços de manutenção com pelo menos três equipes distintas. Estamos, por exemplo, com frentes no Grupo 4, se deslocando para o Grupo 5 e, ao mesmo tempo, uma equipe está atuando no Assentamento Indaiá”, explica Carlão.

O secretário de Agricultura e Pecuária, vice-prefeito Daniel Mamédio do Nascimento, aponta que estes investimentos, com recursos próprios da Prefeitura, são da mais absoluta importância. “Além de permitir o transporte seguro de nossos estudantes, está garantindo que seja feito o escoamento de toda nossa produção agropecuária. Temos centenas de agricultores familiares, produtores de hortifrutigranjeiros, da pecuária de leite, avicultores e produtores de alimentos da cesta básica que precisam urgentemente de estrada boas. E este trabalho está sendo bem feito pela Prefeitura”, sustenta Daniel.