Banners Laterais

Powered by WP Bannerize

Itaquiraí inicia discussões sobre projeto viário da CCR MSVia

Publicada 27/03/15 às 4:45

Os representantes da concessionária CCR MSVia, Marcelo Ernesto Tezani e Claudeir Mata, estiveram na manhã de hoje (26), na Prefeitura de Itaquiraí. O vice-prefeito, Daniel Mamédio do Nascimento, os secretários Mauro José Gutierre (Administração), José Belo (Planejamento e Finanças), e o Diretor do Departamento de Engenharia e Projetos, Eduardo Rodrigo Lima, recepcionaram e ouviram os dois relações institucionais.

Claudeir Mata e Marcelo Tezani da CCR MSVia, em reunião com secretários municipais de Itaquiraí

Claudeir Mata e Marcelo Tezani da CCR MSVia, em reunião com secretários municipais de Itaquiraí (Foto: Guiomar Biondo)

Marcelo e Claudeir fizeram suas exposições observando que o momento é importante para que o município de Itaquiraí faça as articulações necessárias, visando apresentar os pleitos e considerações em torno do pré-projeto de duplicação e modernização da BR-163. Ao mesmo tempo, os técnicos da CCR convidaram as autoridades itaquiraienses para participarem de audiência pública, em Naviraí.

Os impactos sociais e econômicos da BR-163, dentro do perímetro do município de Itaquiraí devem ser discutidos, inicialmente, com as entidades representativas e lideranças dos segmentos organizados, sob a liderança do prefeito Ricardo Fávaro. Outra grande reunião, possivelmente em uma audiência pública em data a ser agendada, serão aprofundadas as discussões, onde serão apresentadas as prioridades e sugestões de Itaquiraí.

Para a audiência pública sobre a duplicação e modernização da BR-163 em Itaquiraí, os representantes da CCR MSVia confirmaram que os diretores fazem questão de participar. “Estamos trabalhando para construir uma rodovia “Classe A”, com bases operacionais (com médicos, enfermeiros, UTIs, e veículos de apoio), viadutos, praças de pedágio, monitoramento com câmaras, para que os usuários tenham a melhor segurança e conforto ao trafegarem pela BR-163”, sustentaram Claudeir e Marcelo.

A proposta é que, em 60 dias, o município de Itaquiraí tenha em mãos o resultado final de suas reivindicações com todas as observações ao pré-projeto, para que a CCR possa dar respostas e dar sequencia às obras iniciadas e programadas. “Uma das grandes discussões deverá ser em torno de um contorno viário que se fará necessário, o que resultará no desvio do trânsito pesado da Avenida Industrial. Mas o prefeito quer debater este assunto com toda a sociedade”, observou o vice-prefeito Daniel ao agradecer a visita dos técnicos da CCR MSVia.

Creditos: Roney Minella

Fonte: Departamento de Comunicação

Publicidade